86 - Eighty-Six vai ganhar adaptação em anime - As Notícias

86 - Eighty-Six vai ganhar adaptação em anime

86 - Eighty-Six vai ganhar adaptação em anime


86 - Eighty-Six, vai ganhar uma adaptação em anime. O anúncio foi feito em uma livestream comemorativa de um ano do site de light novels Kimirano, da editora Kadokawa. Mais detalhes sobre o projeto ainda não foram revelados. Um mangá spin-off chamado Gakuen 86 (Academy 86) por Suzume Somemiya também será lançado.

86 - Eighty-Six é uma light novel de ação e ficção científica publicada desde 2017 no Japão, com sete volumes lançados até o momento. O oitavo volume da obra tem lançamento agendado para o dia 9 de maio. No ocidente a light novel está sendo publicada pela editora Yen Press nos EUA, que vai lançar o volume 4 no dia 31 de março. Sem previsão de lançamento no Brasil até o momento.

86 - Eighty-Six vai ganhar adaptação em anime



Sinopse:

A República de San Magnolia está sendo atacada pelo Império, mas está tudo bem, nessa guerra sem mortes quem luta nos campos de batalha são drones ultramodernos pilotados remotamente... Ou pelo menos é nisso que a República quer que as pessoas acreditem.

Numa sociedade injusta, os Albas de sangue puro formam os 85 distritos da República e excluem os mestiços num distrito "inexistente", o 86. E, nessa guerra contra o Império, são os mestiços do distrito 86 que formam as trincheiras dos campos de batalha e lutam até a morte ou, se sobreviverem, para serem aceitos na sociedade republicana. Lena é a jovem comandante que aceita a missão de comandar de longe o esquadrão problemático Super Head, liderados por Shin, na linha de frente da batalha contra o Império.


Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.